Inbound Marketing ou agência digital, qual é o melhor para o seu negócio?

Fazer Inbound Marketing ou contratar uma agência de publicidade digital? Entenda de vez o que é melhor para o seu negócio.

Há algum tempo eu achava que, para obter resultados através de qualquer tipo de marketing, obrigatoriamente uma empresa precisava contratar uma agência de publicidade.

Para a alegria dos micro, pequenos e médios empresários goianienses, eu estava muito errado.

E eu digo principalmente no mercado goianiense, pois aqui as agências de publicidade e propaganda, que fazem um excelente trabalho ajudando grandes empresas a melhorarem suas marcas, venderem mais, criar ações inovadoras e etc., estão fora do alcance desse pequeno grupo devido ao seu alto custo, inviável para pequenos negócios.

Além disso, a cultura da comunicação em Goiânia é muito focada em varejo e vendas rápidas, o que foge um pouco ao que o Inbound Marketing se propõe a fazer  (explicarei isso melhor até o final do post), dificultando a instauração de estratégias de marketing de longo prazo e que gerem resultados constantes, e não só no momento da campanha.

A palavra campanha não tem nada a ver com Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo.

Falando em campanha, essa frase foi dita pelo Vitor Peçanha, Co-Fundador da Rock Content, durante o evento RD on The Road de Goiânia. Por que ela faz sentido? Tudo o que eu venho tratando aqui no blog, desde o começo, deixa bem claro que os resultados de trabalhar com conteúdo são contínuos e duradouros, diferente dos efeitos de uma campanha, que são pontuais e necessitam uma nova proposta criativa para sua manutenção.

Ainda em nosso cenário, é comum em qualquer mercado que os menores sigam as boas práticas dos maiores. Isso faz com que as pequenas e médias empresas tentem “imitar” o que é feito pelos grandes empresários da região de Goiânia, levando-os a um ciclo de fracasso.

Não existe fórmula mágica para negócios, então por que existiria para o marketing?! Se uma empresa de médio porte quiser competir em campanhas do Google AdWords com uma grande varejista, vai acabar gastando muito dinheiro e tendo pouco resultado.

Sem falar que os índices de publicidade digital diminuíram no último ano, e tendem a cair ainda mais, o que se deve ao aumento do uso de AdBlockers, os bloqueadores de publicidade online.

Esse dado me leva a concluir que as empresas de varejo estão dominando esse mercado, e os micro, pequenos e médios empresários precisam encontrar uma saída para não serem engolidos pelo mercado.

A metodologia do Inbound Marketing foi pensada justamente para esse tipo de cenário. Mas por que exatamente?

Uma boa estratégia de Inbound depende muito mais de esforços de aprendizado e equipe do que de investimento financeiro.

Inbound Marketing ou agência digital, qual é o melhor para o seu negócio?
Inbound Marketing ou agência digital, qual é o melhor para o seu negócio?

Vou explicar melhor: Quando uma empresa contrata uma agência de publicidade, seja ela digital, offline ou integrada, são passadas algumas informações e a necessidade de comunicação. Assim, é pago um valor por pesquisa, planejamento, criação, produção, execução e análise de resultados. É um pacote e tanto, e provavelmente o material que sair disso atingirá milhares de pessoas e trará bons resultados para empresas que possuam um problema de comunicação definido e necessidade de vendas rápidas ou geração de branding.

O fluxograma do Inbound Marketing até pode ser integrado com uma agência, tendo em vista encontrar soluções mais criativas e inovadores. Porém, para executar uma estratégia de Inbound eficiente você tem tudo o que precisa dentro da sua empresa.

Implementar uma estratégia de Inbound Marketing requer:

  1. Reunir informações reais de seu potencial comprador para traçar uma persona.
  2. Alinhar expectativas e conhecimentos que sua empresa pode oferecer para esse potencial cliente.
  3. Traçar um plano com objetivos, metas e táticas necessárias.
  4. Levantar a potencial necessidade de contratar algum tipo de ferramenta.
  5. Organizar sua equipe e começar a executar cada fase do Inbound Marketing.

Para te deixar com ainda mais vontade de entrar de cabeça dessa estratégia, a Hubspot realizou uma pesquisa em toda a América Latina para entender quais seriam as tendências do Inbound Marketing para 2016.

As três principais conclusões que eu pude tirar dessa pesquisa são:

  1. Tweet Empresas com até 40 funcionários são ideais para fazer Inbound Marketing.
  2. Tweet O marketing tradicional gera retorno, mas o Inbound Marketing possibilita analisar o ROI (Retorno Sob o Investimento) detalhadamente.
  3. Tweet É muito mais fácil educar uma equipe interna para realizar as ações de Inbound Marketing do que contratar um serviço terceirizado.

Perceba que em nenhum momento eu tive a intenção de dizer que uma estratégia é melhor que a outra. Meu intuito aqui é mostrar para qual tipo de empresa o Inbound Marketing funciona melhor.

Se você possui uma empresa de varejo, ou qualquer tipo de negócio que possua vendas rápidas e em larga escala, o Inbound Marketing pode não ser a estratégia para você. Nesse caso a contratação de uma agência é ideal, tendo em vista criar campanhas para fazerem suas vendas baterem recordes.

Por outro lado, se sua empresa presta algum tipo de serviço, é focado em um nicho ou público específico ou possui um ciclo de vendas prolongado (como imobiliárias, lojas de seminovos, hotéis, etc.) então o Inbound é a estratégia perfeita para não só alavancar as suas vendas, mas também para criar uma audiência apaixonada pela sua marca.

Entendeu tudo?

Se restar alguma dúvida entre em contato conosco. Será um prazer ajudar a sua empresa a gerar mais resultados.

 

Um forte abraço,

Rodrigo Oliveira.

Rodrigo Oliveira

Publicitário, Inbound Marketer, produtor de conteúdo no Jornada Marketing Digital, (muito) acelerado, caçador de oportunidades, freelancer de Growth Marketing, apaixonado por networking e doido por inovação