Implementar Inbound Marketing na sua empresa: o guia para você começar a gerar resultados

O foco desse blog sempre foi ensinar a utilidade e como funciona o Inbound Marketing para pequenos e médios negócios em Goiânia. Nos últimos pots, trabalhei cada etapa da metodologia Inbound e, dei alguns exemplos de aplicação.

Falei sobre como atrair usuários, capturá-los e manter um relacionamento.

Agora chegou o momento mais esperado: gerar vendas através do Inbound Marketing.

Vamos voltar para o seu contexto. Suponhamos que você tenha um hotel de luxo na cidade de Goiânia, e o seu público é feito por pessoas de Classe A que viajam com os filhos. Tendo isso em mente, qual seria o diferencial de conteúdo para provar que o seu hotel é a melhor opção para a estadia?

No Inbound Marketing nós ajudamos o nosso consumidor a ir de um ponto a outro, através do conteúdo. Então, se o seu potencial cliente tem costume de fazer esse tipo de viagem, você pode ensiná-lo sobre como se organizar para ter mais tempo com os filhos durante a estadia na cidade, ou até mostrando os principais pontos turísticos que ele pode conhecer com os filhos.

Esse foi apenas um exemplo hipotético. Porém, vale ressaltar que o seu conteúdo, em um caso como esse, vai ensinar algo para o potencial cliente, ou seja, ele irá de um ponto, onde ele quer viajar para Goiânia e não conhece as vantagens para aproveitar melhor a estadia, até outro ponto, onde ele finalmente entende.

Dessa maneira, o marketing digital de Inbound, ao invés de ter interrompido esse potencial cliente, criou um relacionamento e gerou valor real.

Como isso me ajuda a vender? É simples. Gerar valor é uma forma de criar credibilidade e se tornar a primeira opção do consumidor. Assim, quando ele for fazer a viagem, vai se lembrar do hotel que o ensinou tudo o que ele vai aproveitar na cidade de Goiânia. BINGO! Você vendeu um pacote de uma semana!

A venda, no Inbound Marketing, é uma consequência de você ter ganhado a confiança do seu potencial cliente.

No seu cenário, onde a maioria das grandes empresas compram a mídia caríssima de televisão, rádio, revistas e investem absurdos em Facebook Ads e Google AdWords, a melhor saída para o seu pequeno e médio negócio em Goiânia é agir através do Inbound Markting. É uma estratégia de longo prazo e, quando for ser aplicada exige um treinamento e alinhamento de objetivos e expectativas.

É por isso que hoje eu trouxe um bônus especial: Vou ensinar como implementar uma estratégia de Inbound Marketing dentro da sua empresa, usando a sua própria equipe. 

 

Aproveite e deixe seu e-mail aqui. Assim, toda vez que trouxermos algum material ou novidade você será o primeiro a saber:

 

Eu dividi a estratégia de implementação em 10 passos:

  1. Alinhe os seus objetivos.

    • O Inbound Marketing não faz milagres. Infelizmente a estratégia não vai resolver todos os problemas da sua empresa ao mesmo tempo, pois isso exigiria várias frentes de ação com múltiplas formas de entregar valor, o que geraria um alto custo e demanda de produção de conteúdo. Para o caso de quem está começando a fazer Inbound Marketing agora é importante ter bem claro quais são os objetivos. Por exemplo, um objetivo interessante no começo é usar o Inbound para ser visto como gerador de valor para os seus potenciais clientes, ou seja, ter mais acessos no seu site de pessoas que realmente se identificam com a sua marca. Assim, quando você for produzir o conteúdo vai ter um esforço maior na primeira fase do Inbound Marketing.
  2. Entenda seu público-alvo e as suas necessidades.

    • No começo desse post eu falei que o conteúdo de valor do Inbound Marketing serve para levar o consumidor de um ponto até outro, e seu produto é um coadjuvante que vai ajudá-lo a chegar lá. É importante lembrar disso agora, pois você precisará entender quais são os anseios do seu público. Aqui, você vai criar a sua Persona, ou seja, o seu perfil de cliente ideal. Em outro tópico, eu expliquei a importância e como criar a sua Persona. Para conhecer melhor o seu público você pode perguntar isso para a sua equipe de vendas, pois são eles que estão cara a cara com seus clientes.
  3. Observe onde o seu público está.

    • A pesquisa é primordial antes de começar a qualquer estratégia. É muito perigoso basear o seu plano de Marketing Digital em apenas um canal, seja ele uma rede social, um blog, um site corporativo. Isso acontece pois o consumidor está em todos os lugares a todo momento. Assim, é importante saber onde existe a maior concentração de potenciais compradores seus. Para conseguir esses dados você pode usar várias ferramentas gratuitas na internet, como Google Trends, que serve para mostrar as principais tendências de qualquer mercado, basta buscar. Também é legal procurar por Hashtags que tenham relação com o seu público nas principais redes sociais, como Facebook, Twitter e Instagram. Condense esses dados e tente encontrar conclusões de onde seu público está.
  4. Atraia o seu público até você.

    • A primeira fase da estratégia de Inbound Marketing é a atração. Agora que você já decidiu o que quer, quem quer e onde quer basta colocar a mão na massa. Reúna todas as informações valiosas que a sua empresa possui fazendo uma pesquisa interna com funcionários, parceiros, fornecedores etc. Assim, você deve concluir como o seu conteúdo levará o seu potencial cliente de um ponto até outro, gerando valor. Quanto mais qualidade e assertividade seu conteúdo tiver, mais pessoas serão atraídas por ele. Nessa fase você pode criar um blog, usar Advertising em algumas redes sociais e no Google e usar práticas simples de Social Media. Nesse post, eu detalho cada uma dessas táticas de atração.
  5. Converta os visitantes em potenciais clientes.

    • Na primeira fase você deve trazer um grande volume de pessoas, e agora é o momento de pegar as mais qualificadas e para focar os esforços da sua equipe. Aqui, você vai começar a produzir conteúdos exclusivos em formatos especiais e oferecê-los em torca de contato. Assim, você gera valor para o visitante e em troca pode falar diretamente com ele. Para capturar esses contatos existem formas simples e bem usuais, como criar uma Landing Page, elaborar um formulário e ter boas chamadas para ação, como “Recebe agora esse material exclusivo!”. Em outro post, eu dei dicas de como fazer essa fase com bastante assertividade.
  6. Relacione-se com seus contatos.

    • Em uma pesquisa realizada em 2012, foi constatado que 72% dos contatos adquiridos não estão prontos para comprar. Dessa forma, quando você for fazer uma estratégia de Inbound Marketing você raramente irá oferecer seu produto imediatamente após um usuário se tornar um Lead. É crucial criar um relacionamento, deixar raízes de confiança e geração de valor transformarem a oportunidade de negócio em alguém que está louco para comprar o seu produto. Através do contato de e-mail obtido na fase anterior, você pode enviar E-mail Marketing com novas ofertas de conteúdo, Newsletters e o que mais você achar importante para gerar valor para o seu público. Assim como nas outras fases, eu também separei um post exclusivo para o relacionamento no Inbound Marketing.
  7. Fechar vendas!

    • Como falamos no início desse post, uma venda é uma consequência de uma estratégia de Inbound Marketing bem aplicada. Através de ferramentas de automação de Marketing e um trabalho elaborado de social media você pode criar demanda e estar preparado para, quando o usuário sentir a necessidade de obter um produto que vá levá-lo do ponto A para o ponto B, entregar o seu e fechar uma venda. Para isso, é importantíssimo utilizar ferramentas de automação (Os mais conhecidos são RD Station, SharpSpring e LeadLovers), pois elas servem para mostrar quando um Lead está pronto para comprar.
  8. Analisar os resultados.

    • Ninguém é perfeito. Você sempre terá algo que pode melhorar na sua estratégia de Inbound Marketing. Por exemplo, se você tem um funcionário específico, que não possui grandes habilidades de escrita, na hora de produzir conteúdo terá dificuldades em obter os melhores resultados. Assim, é importante em todas as etapas do processo (todas MESMO), observar os resultados que estão surgindo e encontrar formas de melhorar sempre. Lembra da etapa de objetivos? É agora que eles vão fazer a diferença, pois você olhará para os resultados baseados nos seus objetivos, evitando ficar perdido ao tentar analisar tudo. Uma dica bacana é definir bem os seus KPIs, entenda mais sobre eles aqui.
  9. Encantar.

    • Uma estratégia de Inbound Marketing que gera valor traz também uma legião de fãs e pessoas apaixonadas pela sua marca (não estou falando de seguidores no Instagram e nem de curtidas no Facebook). São pessoas que aprenderam algo ou até mudaram suas vidas através do seu conteúdo e, consequentemente compraram seu produto. A melhor parte disso é que você terá acesso vários dados de comportamento desses compradores, graças às ferramentas de automação, e poderá produzir conteúdos personalizados, promover eventos e um excelente marketing pós vendas para essas pessoas se tornarem verdadeiros divulgadores da sua marca.
  10. Nunca pare de trazer novidades.

    • Quando você pensa em uma estratégia de Inbound Marketing para 1 ano você deve ter em mente que em 1 ano muita coisa pode acontecer. Assim, você deve estar atento para filtrar as necessidades e alinhar as expectativas a todo momento, e acompanhar de perto todos os processos da estratégia. Vamos supor que, em um dado momento um cliente baixa um e-book que fala sobre dicas de como usar o Instagram para vender mais e, na mesma semana o Instagram acaba tendo uma queda gigantesca de audiência. Isso prejudicaria a sua estratégia, certo? Por isso, fique de olhos bem abertos e busque trazer sempre coisas novas para os seus potenciais clientes.

Aproveite e deixe seu e-mail aqui. Assim, toda vez que trouxermos algum material ou novidade você será o primeiro a saber:

Tudo alinhado e pronto para começar a fazer Inbound Marketing?

Então mãos a obra! E qualquer dúvida entre em contato comigo. Será um prazer te ajudar e fazer parte de resultados reais.

 

Um forte abraço,

Rodrigo Oliveira.

Rodrigo Oliveira
Rodrigo Oliveira
Publicitário, apaixonado por resultados, marketing digital e networking.

Comentários